GPAF - Projeto Digifoto


Escopo e linhas  |  Ficha do CNPq  |  Artigo explicativo  |  Espaços virtuais
Repercussões e eventos  |  Recursos (redes empresas e pessoas) |  Versões do projeto Digifoto



O projeto Digifoto praticamente deu início ao GPAF ao se trabalhar com um grupo de alunos de história da Universidade Estadual de Marigá, em 2003, para construir um repositório virtual de documentos fotográficos locais. O projeto evoluiu até a configuração de um aplicativo piloto de um repositório on-line de fotografias, capaz de sistematizar a propostas de articulação e conciliação entre as proposições da diretriz internacional, os fundamentais dados contextuais exigidos pelos tradicionais instrumentos arquivísticos de pesquisa e as especificidades do documento fotográfico. O aplicativo piloto resultou em dois registros de patente em 2013 e continua em desenvolvimento.

  • Uma comunicação apresentada no Congreso Internacional de Archivos em 2014,em Girona (Catalunya), aponta as principais contribuições do projeto no sentido de adaptar a ISAD(g) para dar conta de documentos fotográficos: acesso aqui.
  • Um artigo publicado em 2015 na revista Alex@ndría, da Pontifícia Universidad Católica del Perú, dá conta do atual estado do projeto: acesso aqui.


Os links abaixo representam as versões do projeto:

Nenhum comentário :

Postar um comentário